Início seta Estudos Bíblicos seta Não se deixe enganar, Deus é onipotente

Não se deixe enganar, Deus é onipotente PDF Imprimir E-mail

  Pr.  João da Cruz Parente


ONIPOTÊNCIA
:
  Termo teólogico que se refere ao poder ilimitado de Deus. O Deus Todo-Poderoso espera que nós, seres humanos, obedeçamos a todas as suas ordens e nos considera responsáveis por nossos pensamentos e ações. Entretanto Ele é o Senhor Onipotente que criou todas as coisas e as sustenta pela palavra do seu poder (Gen 1.1-3; Hb 1.3).

Na Bíblia, Deus revela que é Todo-Poderoso e que, em última análise, governa a natureza e a história. Diante dEle, “as nações são consideradas [...] como um pingo que cai de um balde e como um grão de pó na balança” (Is 40.15). Contudo, Deus ama tanto a humanidade, que apela graciosamente a cada indivíduo para que volte para Ele. (dib)

ONIPOTENTE: Cujo poder não tem limites (peb)

 

DEUS AFIRMA: EU SOU O DEUS TODO-PODEROSO

Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda em minha presença e sê perfeito.

Gênesis 17. 1 (arc)

O Senhor apareceu a Abrão com uma mensagem e uma exigência. (1) Deus se revelou como o “Deus Todo-poderoso” (hb. El Shaddai), significando que Ele era onipotente e que nada lhe era impossível. Como Deus Todo-Poderoso, Ele podia cumprir suas promessas, quando na esfera natural dizia ser impossível o seu cumprimento. Então, seria por um milagre que Deus traria ao mundo o filho prometido a Abrão (vv. 15-19; 35.11; Is 13.6; Rm 4.19; Hb.11.12).

As promessas e milagres de Deus somente serão realizados quando o seu povo busca viver de maneira irrepreensível, tendo o seu coração voltado para Ele (5.24; 6.9; Dt 13.4; ver Mt 17.20 nota). (bep)

 

DESCANSE NO ONIPOTENTE

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Salmos 91.1 (arc)

Deus é um abrigo, um refúgio quando sentimos medo. A fé do salmista no Deus Todo-poderoso como protetor ajudou-o a atravessar todos os perigos e temores da vida. Isto deve moldar a nossa confiança: trocar todos os nossos temores pela fé em Deus, não importando quão intensos possam ser. Para fazer isto, devemos viver e permanecer nEle. Confiando-nos à sua proteção e garantindo a nossa devoção diária a Ele, estaremos a salvo. (beap)

 

DEUS É ONIPOTENTE, ONISCIENTE, ONIPRESENTE

Ouvi o ruído de suas asas quando voavam. Parecia o ruído de muitas águas, parecia a voz do Todo-Poderoso. Era um ruído estrondoso, como o de um exército. Quando paravam, fechavam as asas.

Ezequiel 1.24 (nvi) – (veja todo o capítulo 1º de Ezequiel)

Ezequiel vê uma espécie de carro-trono em movimento constante. Deus é manifesto num trono móvel que nunca pára, e que vai para onde o Espírito ordena. A linguagem figurada simboliza a soberania de Deus sobre todas as coisas, e a sua presença em todas as esferas da sua criação. (bep)

VV.16-18 – Ezequiel percebeu que as rodas pareciam estar uma dentro da outra e que uma girava norte-sul e a outra no eixo leste-oeste. Capazes de locomoverem-se para qualquer lugar, essas rodas simbolizam a onipresença, a onipotência e a onisciência de Deus (v.18). Ele nunca se restringiu a Jerusalém; comanda todas as coisas na vida e na história. (beap)

 

NÃO SEJA TOLO, NÃO QUESTIONE DEUS

Onde estavas tu quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência.

Jó 38.4 (arc) – Leia capítulos 38,39,40,41 de Jó.

Deus descreve o enigma e a complexidade do universo, e revela que seu método de governar o mundo ultrapassa em muito a nossa capacidade de entender. Deus queria que Jó soubesse que sua atividade no âmbito da natureza é análoga ao seu governo na esfera moral e espiritual do universo, e que nesta vida o homem não terá uma compreensão total dos caminhos de Deus. (bep)

Veja Jó 38. 22-35. – Deus asseverou possuir todas as forças da natureza sob o seu domínio, e poder desencadeá-las ou detê-las ao seu comando. Ninguém entende completamente tais fenômenos comuns como a chuva ou a neve, e ninguém pode comandá-los – apenas Deus, que os criou, tem este poder. A questão abordada por Deus é que se Jó não era capaz de explicar estas ocorrências comuns na natureza, como poderia explicar ou questionar Deus? (beap).

 

DEUS É IMUTÁVEL

Ainda: No princípio, Senhor, lançaste os fundamentos da terra, e os céus são obra das tuas mãos;  -  eles perecerão; tu, porém, permaneces; sim, todos eles envelhecerão qual veste;  -  também, qual manto, os enrolarás, e, como vestes, serão igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo, e os teus anos jamais terão fim.

Hebreus 1.10-12 (ara)

Continuidade e mudança podem ser características de alguns de seus feitos, mas Deus permanece inalterado; caso contrário, não seria perfeito. Sendo assim, o que sabemos a respeito de Deus pode ser conhecido com segurança. Ele não muda de acordo com o momento ou tempo. (dib)

 

JESUS, TODO-PODEROSO É CAPAZ DE CONTROLAR AS FORÇAS DA NATUREZA

Entrando Ele no barco, seus discípulos o seguiram.  -  De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia.  -  Os discípulos foram acordá-lo, clamando: “Senhor, salva-nos! Vamos morrer!”

Ele perguntou: “Por que vocês estão com tanto medo, homens de pequena fé?” Então Ele se levantou e repreendeu os ventos e o mar, e fez-se completa bonança.

Mateus 8. 23-26 (nvi)

O mar da Galiléia é um lugar incomum. É relativamente pequeno (aproximadamente 21 km de comprimento por 11 km de largura), mas tem cerca de 50 metros de profundidade, e sua praia fica 225 metros abaixo do nível do mar. Sem quaisquer sinais prévios, súbitas tempestades se formam nas montanhas circundantes e agitam as águas, formando-se violentas ondas de até seis metros e meio de altura.

Embora os discípulos tivessem testemunhado muitos milagres, apavoraram-se durante aquela tempestade. Como marinheiros experientes, sabiam do perigo que enfrentavam; o que não percebiam era que Cristo é capaz de controlar as forças da natureza. (beap)

 

BATALHE PELA FÉ

Amados, embora estivesse muito ansioso por lhes escrever acerca da salvação que compartilhamos, senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé de uma vez por todas confiadas aos santos.

Judas v.3 (nvi)

Judas enfatiza o importante relacionamento entre a correta doutrina e a verdadeira fé. A Bíblia não pode ficar comprometida, porque ela é a verdade e nos transmite os verdadeiros fatos a respeito de Jesus e da salvação. A Bíblia foi inspirada por Deus e nunca deve ser manipulada ou ter suas palavras distorcidas;  quando isso acontece, ficamos confusos sobre o que está certo ou errado e perdemos de vista o único caminho que leva à vida eterna.

A expressão “aos santos” refere-se a todos os crentes. (beap)

 

DEUS É SOBERANO, A ELE HONRA E PODER PARA SEMPRE

Ele é o bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores,  -  o único que é imortal e habita em luz inacessível, a quem ninguém viu nem pode ver. A Ele sejam honra e poder para sempre. Amém.

1 Timóteo 6. 15b, 16 (nvi)

SOBERANIA DE DEUS – Expressão teológica que se refere ao poder ilimitado de Deus, que tem controle soberano sobre todos os processos da natureza e acontecimentos históricos (Is 45.9-19; Rm 8.18-39). A Bíblia declara que Deus está pondo em prática seu plano soberano para a redenção do mundo e que a conclusão é certa. (dib)

 

PARA REFLETIR: Deus pode todas as coisas. Seus propósitos se cumprirão

 

 
< Anterior   Seguinte >