Início seta Estudos Bíblicos seta Melhor é dar do que receber

Melhor é dar do que receber PDF Imprimir E-mail


                                                                                                                                               
Pr.  João da Cruz Parente

FAÇAMOS TUDO PARA A GLÓRIA DE DEUS

Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus. I Coríntios 10.31 (nvi).

O objetivo principal da vida do crente é agradar a Deus e promover a sua glória. Sendo assim, aquilo que não pode ser feito para a glória de Deus não deve ser feito de modo nenhum. Honramos a Deus mediante nossa obediência, ações de graças, confiança, oração, fé e lealdade a Ele. Viver para a glória de Deus deve ser uma norma fundamental em nossa vida, o alvo da nossa conduta, e teste das nossas ações. (bep).

 

NÃO SEJAMOS EGOÍSTAS

(1) – Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. (2) – os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, (3) – sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, (4) – traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, (5) – tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se desses também. II Timóteo 3. 1 a 5 (nvi).

Os últimos dias serão assinalados por um aumento cada vez maior de iniquidade no mundo, um colapso nos padrões morais e a multiplicação de falsos crentes e falsas igrejas dentro do reino de Deus (Mt. 24. 11,12). Esses tempos serão espiritualmente difíceis e penosos para os verdadeiros servos de Deus. Paulo apresenta uma lista de pecados que têm suas raízes no amor próprio (vv.2-4). Alguns, hoje, ensinam que a falta do amor a si mesmo (amor-próprio) é a raiz do pecado. A revelação bíblica ensina o contrário. (bep).

 

HÁ MAIOR FELICIDADE EM DAR

Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é mister socorrer os necessitados e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: mais bem-aventurado é dar do que receber. Atos 20.35 (ara)

Verdadeiramente, muito mais feliz é o homem que, como Paulo, passa os seus dias e as suas noites dando de si mesmo, dando o que tem e dando o que é; do que o homem que, temeroso do que o futuro lhe possa reservar, passa os seus dias amealhando quantas poucas coisas possa recolher, em antecipação ao desastre. (nti).

 

SIGAMOS O EXEMPLO DE JESUS: SERVIR

Tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. Mateus 20.28 (ara).

"Resgate" significa o preço pago para obter a liberdade de alguém. Na obra redentora de Cristo, a sua morte é o preço pago para libertar os homens e mulheres do domínio do pecado. Trata-se da soltura da condenação. (Rm. 8.2). (bep).

 

DEVEMOS DAR COM ALEGRIA

Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. II Coríntios 9.7 (nvi).

Esse dar não deve ser feito motivado por mero impulso, embora, algumas vezes, isso possa acontecer, se o coração de alguém é generoso. Mas o dar impulsivamente não é o suficiente. As necessidades que existem ao nosso redor, requerem de nós que o nosso "coração" (a própria alma) seja generoso. Na alma, outrossim, deve haver um certo "propósito" nesse dar, pois sempre haverá necessidades. (nti).

 

NOSSAS OBRAS NOS ACOMPANHARÃO

Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham. Apocalipse 14.13 (ara).

"...As suas obras os acompanham..." Nós descansamos delas, mas elas não descansam de nós. Mostram-se ativas e nos seguem. Essa é uma maneira metafórica de dizer que haverá "galardões" ou "coroas" para os esforços fiéis e diligentes em favor de Cristo, o que necessariamente inclui, no caso dos mártires, o sofrimento em favor dEle. (nti).

 


 
< Anterior   Seguinte >